Talvez eu seja uma estrela. Uma estrela no meio de…

Talvez eu seja uma estrela. Uma estrela no meio de tantas outra estrelas. Um observador eterno da corrida entre a lua e o sol. A cada dia assisto a lua em suas fases. Nada faço, nado digo. Só observo. Uma simples estrela, distante e apagada, em nada pode alterar as fases da lua. O sol com sua imparcialidade e onipotência nada vê, prefere levar consigo todas as estrelas a compartilhar o céu com a lua. No meio de tantas estrelas, a lua é ítem raro. Um astro com tanta beleza quanto o sol, mas sem o brilho característico. O que seria de nós, estrelas, sem a compania da lua, quando o sol não mais nos quer?

Deixe um Comentário

0 Comentários.

Não fique de fora, dê sua opinião!

%d blogueiros gostam disto: