Final da Copa, para o Brasil pelo menos…

Parreira conseguiu o objetivo dele na copa: Ronaldo é o jogador que mais fez gols em copas do mundo. Não é o maior artilheiro, na minha opinião. Ronaldo precisou de 3 copas para fazer 15 gols, enquanto que o francês Just Fontaine fez 13 apenas em 1958 na Suécia, a única copa que disputou (teve uma fratura dupla na perna, que o obrigou a se aposentar aos 27 anos).

Quem assistiu os jogos do Brasil contra a Ucrânia e contra a Austrália já sabia que Ronaldo era um peso morto no time (desculpe o trocadilho)… Robinho dava energia para o time e os laterais Cafu e Roberto Carlos estavam demasiadamente lentos. Muito diferentes de Cicinho e Gilberto SilvaCafu errou muitos passes, recuou muitas bolas e Roberto Carlos chutou todas as bolas para cima do gol, como no comercial da Bhrama.

Quem salvou o Brasil, garantindo a fantástica marca de 7 gols pró e 2 contra foram os excelentes Juan, Lúcio e Dida… a defesa do Brasil, sempre criticada, desta vez deu show!

Para finalizar, meu elogio a Zinedine Zidane, que mereceu o título de melhor jogador em campo no jogo contra o Brasil pelas quartas (aliás, a pior atuação do Brasil em Copas desde a final de 1998). O chapéu em Ronaldo foi inesquecível e seus passes, tão precisos, tão graciosos! Parecia um craque jogando uma pelada com os amigos no fim de semana, para se divertir.

Deixe um Comentário

0 Comentários.

Não fique de fora, dê sua opinião!

%d blogueiros gostam disto: