Justiça Brasileira e o Jockey Club de Uberaba

Eu já falei várias vezes neste blog do caso do Felipe, irmão de companheiro de república, que morreu eletrocutado em uma festa no Jockey Clube de Uberaba.

Neste mês a Carta Capital tem na sessão Sociedade (mais) um desabafo do pai dele.

Os indiciados que ele fala são o presidente do Jockey Park Club, Luiz Augusto Cipriano Coelho, os diretores sociais Fernando Alves Pimenta e Marcelo Augusto Teodoro de Andrade, o gerente administrativo Francisco Nazareno Gonçalves e duas pessoas responsáveis pelas instalações elétricas: o engenheiro Nilson Luiz Gonçalves da Silva e o eletricista José Edson Silvano.

Quem quiser ajudar, clique nas imagens abaixo e ajude a divulgar a notícia.

Deixe um Comentário

2 Comentários.

  1. Imagina se o caso do Felipe tivesse a mesma repercussão do da menina que foi jogada/caiu da janela do prédio?

  2. Olá Cintra!

    Crime culposo no Brasil não dá nda (o doloso já é uma piada)! Mesmo que sejam condenados, a pena é ridícula! E pelo que deu para entender, esse promotor que conduziu o caso não é dos melhores!
    Agora não há notícia do processo civil! Estão pedindo indenização? É aí que se ataca esse pessoal!
    O Código Penal é da década de 40, e se depender de nosso congresso, não irá evoluir tão cedo!

Não fique de fora, dê sua opinião!

%d blogueiros gostam disto: