Como limpar moedas

Agora eu tenho uma penquena coleção de moedas britânicas e de euro, como já disse nesse post.

No entanto a maioria das moedas estão bem encardidas e eu gostaria de limpá-las.

Todos os colecionadores de moedas pregam que nunca deve-se limpar uma moeda, pois isso retira a pátina que se acumulou durante anos ou décadas na moeda, reduzindo seu valor para colecionadores em aproximadamente 90%. Sem contar que também retira a proteção natural criada durante a cunhagem.

Como não sou um colecionador sério, as moedas são mais lembranças de viagem que qualquer outra coisa, resolvi limpá-las.

Após pesquisar na Internet, achei três sites interessantes:

Adaptei os procedimentos dos dois sites em inglês e fiz o seguinte:

  1. lavei as moedas com água corrente e detergente (de lavar louça)
  2. fiz uma solução de vinagre branco, sal e suco de limão, deixei as moedas lá por aproximadamente 2 minutos
  3. lavei novamente as moedas com água corrente e detergente
  4. passei um pouco de limpa-inox para tentar dar um brilho
  5. lavei novamente com água corrente e detergente
  6. passei em uma pasta grossa de bicabornato de sódio e água
  7. lavei de novo

Nas moedas de cupro-níquel (as prateadas) o resultado foi excelente. Nas revestidas de bronze ou ouro nórdico (as douradas) elas perderam bastante a cor dourada e ficaram meio opacas. Nas revestidas de cobre (as alaranjadas) a limpeza foi incrível, mas elas ficaram meio rosadas.

Na primeira fila da linha abaixo tem moedas que não foram limpas. Na segunda linha tem moedas que foram limpas pelo método acima e na última linha algumas moedas novas, não-limpas.

Limpeza de moedas

Limpeza de moedas

Cada moda tem uma composição metálica diferente, gerando cores diferentes, conforme lista abaixo:

Libras (Reino Unido)

  • one penny e two pence – aço (ferro e carbono) revestido de cobre
  • five pence, ten pence e fifty pence – cuproníquel (75% de cobre e 25% de níquel)
  • twenty pence – 84% de cobre e 16% de níquel
  • one pound – 70% de cobre, 24,5% de zinco e 5,5% de níquel
  • two pounds – 76% de cobre, 20% de zinco e 4% de níquel (anel esterno) / cuproníquel (centro)

Euro (Zona do Euro na Europa)

  • one cent, two cents e five cents – aço revestido de cobre
  • five cents, ten cents e twenty cents – 89% de cobre, 5% de alumínio, 5% de zinco e 1% de estanho
  • one eurolatão niquelado (75% de cobre, 20% de zinco e 5% de níquel) (anel esterno) / sanduíche de cuproníquel, latão niquelado e cuproníquel (centro)
  • two euro – cuproníquel (anel esterno) / sanduíche de latão niquelado, níquel e latão niquelado (centro)

Real (moedas antigas)

  • um centavo, cinco centavos, dez centavos, vinte e cinco centavos, cinqüenta centavos e um real – aço inoxidável

Real (moedas novas)

  • 1 centavo e 5 centavos – aço revestido de cobre
  • 10 centavos e 25 entavos – aço revestido de bronze (cobre e estanho)
  • 50 centavos (1998-2001) – cuproníquel (cobre e níquel)
  • 50 centavos (2002 em diante) – aço inoxidável
  • 1 real (1998 a 2001) – alpaca (cobre, níquel, estanho e prata) (anel externo) / cuproníquel (centro)
  • 1 real (2002 em diante) – aço revestido de bronze (anel externo) / aço inoxidável (centro)
Deixe um Comentário

1 Comentários.

  1. Moedas Brasileiras » HoloCoCos @ TNT - pingback on 19 de setembro de 2010 em 1:03

Não fique de fora, dê sua opinião!

Trackbacks e Pingbacks:

%d blogueiros gostam disto: