Arquivos Mensais: agosto 2002

Achei um site chamado DanceSafe.org. É uma entidad…

Achei um site chamado DanceSafe.org. É uma entidade que busca diminuir os danos causados por consumo de drogas em raves. Um dos serviços que eles prestam é testar Ecstasy em laboratório pra ver se é Ecstasy mesmo: “Pill testing is an important harm reduction service that saves lives and reduces medical emergencies by helping ecstasy users avoid fake and adulterated tablets that often contain substances far more dangerous than real ecstasy.

Os artigos na NewOrder são ótimos. Nem são complet…

Os artigos na NewOrder são ótimos. Nem são completos, mas são feitos por pessoas que olham a tecnologia com olhos politicamente incorretos. O último artigo que eu lí foi sobre Mac Address e ARP. Quero ler ainda sobre Microprocessor Pipelining, HTTP, Internet Printing, IP, IPTables, SMTP gateway, wireless security, win32 API

Segundo o Caderno de Informática da Folha é um virus, segundo essa empresa é um utilitário: trojan/soft captura o que vc digita no teclado, e-mails que vc envia/recebe, sites visitados, conversas em chat/ICQ/etc com possiblidade de instalação remota. Chegamos no limite entre o bem e o mal.

Fraünhofer IIS, Ogg Vorbis & copyright

Eu admirava a Fraünhofer IIS… mas agora ela começou a cobrar pelo MP3… O CIO da empresa do Ogg Vorbis fez uma carta nota 10!

A versatilidade do meu blog me impressiona!

A versatilidade do meu blog me impressiona!

Qual o significado d’eu ter 246 contatos no meu IC…

Qual o significado d’eu ter 246 contatos no meu ICQ? Uns 40 não devem entrar mais, devo conhecer umas 100 pessoas, então sobram umas 120 pessoas que eu só “conheço” pela Internet. Os que eu conheço tem a explicação de que é pra manter contato, conversar sempre, comunicar quando preciso. E os outros, que eu nunca vi na vida? Alguns eu nem converso muito, outros eu converso sempre que encontro online.

Para responder essa pergunta para as 120 pessoas que eu não conheço só se responder primeiro outra pergunta: “Porquê eu começo a conversar com alguém pelo ICQ sendo que nem conheço? O que me motiva a começar?”.

  • Talvez eu me sinta sozinho e queira conversar com alguém, mesmo que virtualmente.

  • Talvez eu tenha esperança de conhecer alguém legal que depois possa conhecer pessoalmente.

  • Talvez eu queria conversar com alguém com os mesmos interesses que eu. Trocar idéias e experiências.

  • Talvez eu goste do que alguém faz e queira conversar com essa pessoa. Como se fosse um fanatismo memo.

  • Talvez porquê o ICQ passa uma falsa sensação de conhecimento sobre a pessoa com quem se conversa.

  • Talvez pelo motivo mais óbvio: poder estar sempre em contato com essa pessoa.

  • Talvez apenas para conhecer pessoas novas.

    Pude perceber que os motivos que me levam a conversar com alguém pelo ICQ são os mesmos que me levam a conversar com alguém fora do ICQ. Os mesmos princípios, as mesmas vontades, os mesmos interesses. O ICQ é apenas um meio de se relacionar com outra pessoa, assim como existe a carta, o telefone, o e-mail. (me passou pela cabeça que ‘relacionamento’ é uma classe pai e ‘ICQ’ é uma herança de ‘relacionamento’… melhor parar de programar que tô ficando bitolado já)

    Logo, conversar por ICQ não chega a ser um problema, mas a partir do momento que eu começo a questionar porque ICQ e não um relacionamento real, físico… Estou aqui, agora, na frente do micro conversando com alguém que nem sei se é realmente quem diz ser. Alguém que provavelmente nunca irei conhecer. Não seria melhor eu estar agora em algum lugar onde podesse interagir com pessoas de verdade e conhecer pessoas de verdade? Não nego que em boates e coisas do gênero existe uma marquetização do ser, uma superprodução da imagem, mas mesmo assim não deixa de ser mais real do que alguém que só existe na Internet. Então eu me pergunto: Se não estivesse conversando com alguém agora no ICQ, eu estiria conversando com alguém pessoalmente? (não) Ou então: Eu deixo de conversar com alguém pessoalmente para conversar pela Internet com outra pessoa? (as vezes)

    A partir do momento que o ICQ não é trocado por uma conversa real, mas utilizado como um meio a mais de comunicação para quando comunicação física não é possível, deve ser saudável. Com relação aos aproximadamente 100 contatos que eu conheço, nem há dúvida de que o ICQ é um ótimo aliado para manter contato. Não tem como eu ver meus amigos de SJdR, ir na casa de amigos daqui de São Carlos a qualquer hora ou conversar sempre com amigos que estão nas mais distantes cidades brasileirs.

  • Descobri que as formigas também tem um certo delay…

    Descobri que as formigas também tem um certo delay na comunicação em massa. Depois de tirar uma xícara que inicialmente continha Coca de cima da mesa e levar para a cozinha, as formigas continuam indo para onde a xícara estava. Elas chegam, vão andando em círculos onde estava a xícara, até juntar uma certa quantidade que te chama atenção e você matar tudo.

    Esses dias estou sem inspiração pra escrever. Semanas se passam e eu escrevo linhas aqui. Já se foi aquela época de posts longos intermináveis falando de segundos de minha vida. Semana passada estressou muito. Provas e mais provas e mais trabalhos e mais bolsa atividade…

    Agora tudo chega a um estado que já beira o desespero. Não tenho mais nenhuma prova pra fazer mas os professores ainda não soltaram as notas. Talvez eu tenha de fazer alguma prova substitutiva na segunda, terça, quarta, mas só saberei quando os professores soltarem as notas. Terminei o trabalho do Zorzo. Está funcionando mais ou menos aqui. Ainda falta fazer o trabalho do Prado, que tem de entregar terça feira.

    Semana que vem minha mãe vai passar uns dias aqui em São Carlos pra depois ir em São Paulo apresentar não me lembro o quê num congresso. Minha irmã já está de férias… passou em tudo só com notão. Aquela mina é estudiosa! Vou ficar aqui em São Carlos até a metade do mês, por conta da bolsa atividade e depois vou relaxar umas duas semanas em São João del-Rei. Tudo caminha para um estado de calma, sem preocupações.

    Começou a chover aqui em São Carlos. Uma chuva fina, insistente. Faz frio, venta. Como eu me sinto bem, sereno, confortável nesses climas. Olhar pela janela e admirar a noite deserta, a chuva caindo levemente, as ruas molhadas, um ou outro carro passando distantes nas ruas. Parece que tudo pára. Os problemas não existe. Tudo pode esperar. Não é aquela correria, aquele barulho, a pressão pra ser onipresente e muiltitarefa. Por um instante me sinto sozinho, sem a cobrança de ser o que acham que eu sou, o que eu pareço ser.

    Acho que estou me afastando das pessoas e das atividadaes para evitar cobrança. É uma idéia a ser pensada. Definitivamente três semestres em um ano, da maneira como está sendo, é extremamente desgastante não só física quanto mentalmente. Quero voltar pra casa, ficar duas semanas naquela cidade relaxante, sem me preocupar com nada, sem usar computador, sem conversar pelo ICQ. Viajar pra fazenda com meu pai, pescar com pindoba, olhar a chuva na mata, dormir bem… Nem é mais questão de querer, é necessidade mesmo.

    Achei um texto muito bom sobre Styles/CSS, afinal….

    Achei um texto muito bom sobre Styles/CSS, afinal… é um texto do W3c.

    Tá na hora de colocar IP no SMS… e quando será q…

    Tá na hora de colocar IP no SMS… e quando será que o Virtua vem pra São Carlos?

    As formigas não são tão burras não… algumas que …

    As formigas não são tão burras não… algumas que cairam dentro da Coca se juntaram em um montinho e com isso várias ficavam em cima da “ilha” de formigas que morreram afogadas, conseguindo se manter vivas. O problema é o puto gosto ruim que fica na Coca…

    Tenho prova de Sistemas Operacionais hoje. Já pass…

    Tenho prova de Sistemas Operacionais hoje. Já passei em Construção de Compiladores com 9,6 e Laboratório de Engenharia de Software com 7,8. Ainda falta ir em uma aula, fazer essa prova e dois trabalhos.

    No primeiro ano o professor de português deu um texto em uma prova que a gente ficou até o fim do ano seguinte tirando prosa… acabei de receber ele do Tadeu:

    Jaguardarte

    Era briluz. As lesmolisas touvas

    Roldavam e relviam nos gramilvos.

    Estavam mimsicais as pintalouvas,

    E os momirratos davam grilvos.

    “Foge do Jaguadarte, o que não morre!

    Garra que agarra, bocarra que urra!

    Foge da ave Felfel, meu filho, e corre

    Do frumioso Babassurra!”

    Êle arrancou sua espada vorpal

    E foi atrás do inimigo do Homundo.

    Na árvora Tamtam êle afinal

    Parou, um dia, sonilundo.

    E enquanto estava em sussustada sesta,

    Chegou o Jaguadarte, ôlho de fogo,

    Sorrelfiflando através da floresta,

    E borbulia um riso louco!

    Um, dois! Um, dois! Sua espada mavorta

    Vai-vem, vem-vai, para trás, para diante!

    Cabeça fere, corta, e, fera morta,

    Ei-lo que volta galunfante.

    “Pois então tu mataste o Jaguadarte!

    Vem aos meus braços, homenino meu!

    Oh dia fremular! Bravooh! Bravarte!”

    Êle se ria jubileu.

    Depois que a Mari chegou fomos no Ócio… como sem…

    Depois que a Mari chegou fomos no Ócio… como sempre eles “expulsaram-nos”. Na Casa do Vinho fim de semana passado foi a mesma coisa!

    Pq essas filhas das putas dessas furmigas otárias e filhas da mãe que fizeram um ninho em baixo do rodapé ao lado do meu computador não percebem que eu estou a matá-las e desistem de tomar minha Coca Cola? Que merda!!! Eu levanto a xícara e elas saem correndo, mas é só eu colocar a xícara de volta no porta-copos que elas voltam. Bixo burro!

    Alguém tem alguma dica de como exterminar esses seres inferiores que assolam meu aposento de descanso, estudo e diversão?

    Merdas de brincadeiras de quem errar bebe… Tomei…

    Merdas de brincadeiras de quem errar bebe… Tomei uns 5 copos de pinga, uma xícara de vodka… tô bëbado. Vim pra casa do Clõvis pq a MaRI VEM hoje de s”ao PAULO e hoje ~e aniversário dela. O carlos e o Claus tamb~em est”ao aquiç. Desgra~ca… estou chapado. Detesto ficar bëbado. fKelvin e suas amigas que faz43rm essas brincadeiras e Beraba, que nao perde uma oportunidade de fazer algu~em se dar mal. A gente at~e brigou quando eu estava saindo pra vinr pra cá.. .ele queria eu bebesse mais mas eu não queria. Não que eu não aguente… mas que eu não quero beber muito de uma xsõ vez senão vou passar muito mal. Mas agora eu vi que jã estou meio mal.. hehehe. E o carlos e claUS jogando supernes )(tentando) e o Clovis fou buscar a |Mari na roeoviaria.

    Que foda.. que preguiçça de converstar os erros quew acontecem. Alguns pq não estou totalmente sem alcool no sangue e outros pq o teclado aqui ~e diferente do meu e eu ewsqueco de veze em quando de digitar a tecla certa.

    /Ighnorem o que eu falei nesse post pois estou num estado alterado de consciëncia…. ~e isso… foda.

    Arrumei a procura (Search) no meu blog. Agora ele …

    Arrumei a procura (Search) no meu blog. Agora ele procura no blog inteiro. Antes estava cheio de paus…

    Fiz o trabalho de compiladores com o Carlos ontem …

    Fiz o trabalho de compiladores com o Carlos ontem à tarde/noite/madrugada. Perdemos um tempão até entender o Cup e o JLex… é foda! Por fim criamos até um “JLex & Cup for Newbies & Dummies” e enviamos pra lista de e-mails da nossa turma…

    Acabou de sair as notas de Construção de Compilado…

    Acabou de sair as notas de Construção de Compiladores. Tirei 8,75 na segunda prova. Poderia ser melhor, mas essa nota já me garantiu média 8,6 no semestre, terceira maior numa turma de 55 alunos, atrás só do 8,8 da Tici (que tirou 10 nas duas provas) e Rambo. Ainda falta entregar um trabalho, ou seja, posso fechar com nota 9,6 ainda. É mãe… não se preocupe que tô sobrevivendo ao chaos de 3 semestres em um ano com festas, bebidas, algumas saídas básicas, mp3, ICQ e boas notas.

    %d blogueiros gostam disto: