Web 2.0 e Enterprise 2.0

Depois do hype da Web 2.0, agora está surgindo o hype do Enterprise 2.0, que é basicamente o uso corporativo das idéias do Web 2.0.

Teremos blogs, wikis e bookmarks sociais voltados para o interior da empresa e não para os usuários comuns da Internet.

Um grande problema que eu vejo é que muito da Web 2.0 foi criado utilizando ferramentas não Microsoft. Foram iniciativas individuais, de pessoas ou empresas pequenas e sem condições de investir em IIS, SQL Server, Visual Studio, Windows XP/2000… Agora com a Enterprise 2.0 teremos uma convergência para essa plataforma.

O fato de usar plataforma Microsoft não é o problema em si, o problema está no fato de que a grande maioria dos aplicativos Web 2.0 gratuitos ou com código aberto foram feitos para Apache, PHP, Ruby on Rails, MySQL, Postgres… as companhias terão de desenvolver suas próprias aplicações.

Algumas pequenas empresas vão aproveitar esse novo nicho para criar soluções comerciais e as grandes corporações, como a própria Microsoft (veja o TagSpace ), IBM, Sun e outras irão criar as suas também. Será difícil a solução de uma pequena empresa competir com as grandes, terá de ser algo muito bem feito.

Uma solução que vejo, como admirador do software livre, é uma empresa desenvolver internamente uma ferramenta Enterprise 2.0 para seu uso, mas disponibilizá-la gratuitamente, contando com o feedback da comunidade em fóruns, wikis ou blogs como “pagamento” pelo seu uso.

É assim com o Qooxdoo, desenvolvido pelas 1 & 1 e STZ-IDA para seu uso interno, mas disponibilizado para a comunidade, contando hoje com diversos colaboradores que participam ativamente de seu contínuo melhoramento.

expressei minha vontade de fazer uma ferramenta de “enterprise social bookmarking” (descobri que já existe a Cogenz) e pretendo fazê-la gratuita, colaborativa e para a plataforma Microsoft. Quem topa entrar na jogada?

Deixe um Comentário

1 Comentários.

  1. Olá! Em bazedral.blogspot.com venho estudando um pouco dos impactos da Web 2.0 nas organizações, e sobre como alavancar colaboração interna. Estou agora tendo contatos iniciais com o conceito Enterprise 2.0.

    No seu post, fiquei algumas dúvidas:
    – Qual o problema em não termos soluções específicas para a plataforma microsoft?
    – Já que você quer investir em “enterprise social bookmarking” porque não construí-la multiplataforma, e não restringi-la ao mundo microsoft?

    Código aberto, padrões e multiplataforma garantirão liberdade de escolha e colaboração efetiva; Qualquer coisa diferente disso me parece um limitador.

    De qualquer forma, sucesso em suas empreitadas!

Não fique de fora, dê sua opinião!

%d blogueiros gostam disto: