Vivo

Vivo à noite, vivo na noite, vivo a noite. O silêncio, o escuro, a ausência de movimento… na noite tudo pára, só existe eu, mais ninguém.

Sou uma pessoa só. Não uma pessoa solitária, mas uma pessoa sozinha. Não que eu goste de fizar sozinho, mas que eu suporto ficar sozinho. Não que eu busque ficar sozinho, mas que eu acabo ficando sozinho. Semanas sem ligar pros meus pais e amigos, meses sem vê-los… Noites mudas, horas caladas, só eu existo.

Eu crio meu mundo. Nele só eu existo. E não estou só. Converso com meus pensamentos, assisto meu passado, escrevo minhas idéias.

Deixe um Comentário

3 Comentários.

  1. Fora que, se vc é sozinho, é pq vc (como eu) quer, né H [é uma opção consciente!]. Vc, eu, todo mundo sabe q há pessoas interessadíssimas em estar junto de vc [Henrique Cintra…]. Afinal, olha os comentários! (pelo menos da ultima vez q vim aqui…)

  2. se vc converncer meus professores a desencanarem dos trabalhos, alguém fizer meu relatório final da bolsa e os professores ainda me passarem…

  3. acho que nossa verdadeira solidão está na impossibilidade de compartilhar a compreensão que temos do mundo.Daí somos todos sozinhos,não importa quantas pessoas estejam do seu lado ou qtas vezes vc liga pra casa.

Não fique de fora, dê sua opinião!

%d blogueiros gostam disto: