Segunda feira, eu tranqüilamente chegando aqui e a…

Segunda feira, eu tranqüilamente chegando aqui e a Magali veio correndo perguntando: “No seu computador tem tradutor?”, não tem, mas me lembrei que no Altavista tem um tradutor, fomos ligando o computador e entrei no altavista. Então ela disse: “Queria saber como é que é ‘Poderia me chamar o Orides por favor?’ em Japonês”, Japoneiz? Caramba… mas o Altavista tinha English to Japanese, só que o meu Internet Explorer não lê ideogramas e na tela só apareceram quadradinhos. Ela tinha descoberto que um orelhão não tava cobrando unidades e queria falar com o namorado dela que tá dando aula em uma universidade no japão, tentou falar com a secretária da universidade em Inglês, Espanhol, Português e até em Frances mas a mulher só dizia: “I don ispiik inguish’. Lembrei-me do Kenji, e disse pra ela dele, entrei no ICQ e adivinha quem estava nele? O salvador Kenji!!! Ele me disse: ‘fale algo como “Moshi moshi, Oriane wa?”‘, também precisava do número do departamento, sala 4352, mas o poliglota Kenji disse: “Rumu yon sam go ni”. Ontem fiquei sabendo que com essas instruções precisas do Sr. Kenji a Magali conseguiu falar por 1 hora e meia com o Orides. O único problema foi quando ela disse Rumu yon sam go ni o cara repetiu num tom de “é esse o número mesmo” e ela não sabia como dizer um simples “Sim”, mas ela repetiu e o cara acabou transferindo. Thanks Kenji!

Deixe um Comentário

1 Comentários.

Não fique de fora, dê sua opinião!

%d blogueiros gostam disto: