Sebastião de Oliveira Cintra

SEBASTIÃO DE OLIVEIRA CINTRA, UMA SAUDADE…

José Antônio de Ávila Sacramento *

Sebastião de Oliveira Cintra nasceu a 15 de outubro de 1918. Bacharelou-se em Letras pelo Colégio Santo Antônio de São João del-Rei; cursou o pré-médico no Colégio Universitário do Ministério da Educação, no Rio de Janeiro, onde freqüentou até o 3º ano a Faculdade Nacional de Medicina. Possuiu os cursos intensivos de Assistência social, Documentação Administrativa, História, Literatura e Aperfeiçoamento Funcional. Exerceu o Magistério no Rio de Janeiro, tendo integrado as Bancas Examinadoras do Colégio Pedro II.

Exerceu cargos públicos federais, sempre por concurso, aposentando-se como Fiscal de Contribuições Previdenciárias. Por mais de um mandato ocupou a Presidência da Academia de Letras de São João del-Rei e exerceu também o cargo de orador oficial daquela Casa de Letras. Foi presidente da Associação de Imprensa de São João del-Rei, vindo depois a ser o seu presidente de honra. Atuou na imprensa desde a mocidade.

Publicou inúmeros artigos e crônicas nos jornais, em sua maioria referindo a temas históricos e genealógicos. Colaborou com diversas Revistas Acadêmicas e de Institutos Históricos. Sempre colocou seu arquivo particular à disposição dos pesquisadores.

Participou da antologia “Escritores do Brasil”, organizada em 1981, pelo escritor Aparício Fernandes. Foi autor do opúsculo “Inconfidência Mineira” e das obras “Nomenclaturas de Ruas de São João del-Rei” e “Efemérides de São João del-Rei”, esta última obra de sumíssima importância e com duas edições (a última de 1982). Em 1994 publicou o livro “Galeria das Personalidades Notáveis de São João del-Rei”, um fantástico relato biográfico de ilustres pessoas nascidas e/ou que viveram em São João del-Rei, as quais contribuíram de alguma forma para o engrandecimento da cidade.

Foi membro fundador do Instituto Histórico e Geográfico de São João del-Rei e integrante ativo da Casa até quando a saúde o permitiu. Escreveu diversos artigos nas revistas do IHG.

Cintra prestou inestimáveis serviços ao município de São João del-Rei, à Região do Campo das Vertentes, a Minas Gerais e ao Brasil, como homem que radiografou a nossa História, sempre de maneira muito bem fundamentada. Seus escritos são, desde há muito, uma importante referência para os pesquisadores da genealogia e história.

Pertenceu às seguintes instituições, como sócio: Instituto Histórico e Geográfico de Minas Gerais; Instituto Histórico e Geográfico de São João del-Rei; Instituto Histórico e Geográfico de Juiz de Fora; Instituto Histórico e Geográfico de Campanha; Instituto Histórico e Geográfico Goiano (Anápolis); Instituto Brasileiro de Estudos Sociais (São Paulo); Instituto; Cultural Visconde do Rio Branco (Valença-RJ); Colégio Brasileiro de Genealogia (RJ); Associação de Imprensa de São João d’El-Rey; Academia de Letras de São João d’El-Rey; Rotary Club de São João del-Rei; Academia Municipalista de Letras de MG (Belo Horizonte); Academia de Letras Municipais do Brasil (SP); Academia Barbacenense de Letras (MG); Academia Sabarense de Ciências e Letras (MG); Academia Paulistana da História (SP); Academia Petropolitana de Letras (RJ); Academia Anapolina de Filosofia, Ciências e Letras (GO); Academia de Letras Manchester Goiana (Anápolis); Academia de Estudos Literários e Lingüísticos (Anápolis-GO); Academia Goianense de Letras; Academia Interamericana de Literatura e Jurisprudência; Academia Petropolitana de Poesia Raul de Leoni (RJ); Academia de Poetas e Prosadores de MG (Juiz de Fora); Ordem dos Bandeirantes Mater (SP); Associação Brasileira de Pesquisadores de História e Genealogia (SP), entre outras….

Cintra era casado com a senhora Léa de Oliveira Cintra; deixou as filhas Sônia Regina de Oliveira Cintra, Ana Maria de Oliveira Cintra, Maria Angélica de Oliveira Cintra, Teresa Cristina de Oliveira Cintra e Vera Lúcia de Oliveira Cintra, o filho Francisco Eduardo de Oliveira Cintra e netos.

Faleceu em 19 de agosto de 2003, foi velado na sede da tradicional e centenária Banda de Música Theodoro de Faria e sepultado na manhã do dia 20 de agosto, no cemitério de São Francisco. No seu sepultamento, em nome do Instituto Histórico e Geográfico e da Academia de Letras de São João del-Rei, proferiu emotiva e eloqüente oração fúnebre o advogado Wainer Carvalho Ávila.

Requiescat In Pace”, Cintra!

* José Antônio de Ávila Sacramento é Presidente do Instituto Histórico e Geográfico de São João del-Rei.

Deixe um Comentário

0 Comentários.

Não fique de fora, dê sua opinião!

%d blogueiros gostam disto: