Quarto-cama

Ontem cheguei no trabalho e liguei pra Ortobom pra pedir pra eles fazerem a entrega da minha cama com colchão no sábado, uma vez que a Marcela vai estar lá. Infelizmente eles não acharam a nota do meu colchão, então, ele seria entregue na sexta feira mesmo. Voltei pra casa pensando em onde colocar a bagunça do meu quarto pra que na sexta (hoje), os caras montassem a cama no quarto sem aquela bagunça toda pelo chão.

Grande surpresa eu tive quando vi do lado da guarita do porteiro uma cama/colchão/travesseiros/cotonetes da Ortobom! Peguei a saia e a cobertura dos cotonetes e levei pro apartamento, desci e peguei os travesseiros e os cotonetes, desci de novo e peguei uma metade da base, colocando no elevador (as rodinhas são bem práticas). Desci de novo e o Clóvis começou a me ajudar e colocou a outra metade da base no elevador. Até aí tudo beleza, mas no final das contas o colchão (1,60×2,00×0,33) não coube no elevador, solução: carregá-lo por 9 andares pela escada! Eu e o Clóvis levamos uns 20 minutos pra subir com aquele colchão pelas escadas! Chegamos lá exaustos, com o suor escorrendo pelo rosto e a camisa mais úmida que bucha de pia…

Não bastasse isso, corri pra desmontar minha cama pra colocar a nova cama no lugar pra fazer uma surpresa pra Marcela, mas foi foda achar algo fino e resistente para poder colocar dentro da cabeça dos parafusos da cama e rodá-los… Por fim usei uma pequena chave de fenda e um martelo! Desmontei a cama correndo, deixei tudo jogado no corredor que é a área de serviço, joguei a cama com os plásticos mesmo no quarto e fui pro metrô pegar a Marcela.

Hoje dormimos nela pela primeira vez. É uma cama monstro! Cabe nós dois na cama bem espaçados, sobrando bastante espaço pros lados, mas no tamanho ideal de comprimento. Meu quarto agora é praticamente uma grande cama de casal…

Deixe um Comentário

0 Comentários.

Não fique de fora, dê sua opinião!

%d blogueiros gostam disto: