Ontem foi o aniversário do Netto, que mora aqui na…

Ontem foi o aniversário do Netto, que mora aqui na república. Foi a primeira festa no salão de festas do prédio. E que sufoco pra conseguir! Tinha um patê de queijo e a mãe do Netto canta tanto! Conversas com a vizinha moradora da república do 11º, vodka com suco, música, animação e comida gostosa. Perfeito.

Fiz o convite de aniversário do Gabriel, mais tarde o Terrinha vai ver e quando estiver tudo finalizado eu coloco no blog. Meu irmãozinho vai fazer 8 anos!

E que saudade eu tenho de SJdR. Saudade das pessoas, dos lugares, da cidade, do clima de minha família, meus amigos. Ainda vou ficar aqui mais 2 meses, isso é tortura de mais. Voltar pra casa é muito bom. Eu gosto de São Carlos, mas estou me sentindo estranho aqui. Tudo distante, eu cercado de pessoas que eu gosto, de amigos, de conhecidos mas mesmo assim me sinto só. Sinto falta de poder ir na casa de meus avós, de encontrar meu pai, de assistir jornal com minha mãe, de ir na sorveteria, de ir na casa do Marcelo à tarde quando não tem mais nada pra fazer, de passar a tarde inteira andando sem rumo pela cidade.

Sinto o vazio. Algo me falta. Fico feliz com a conquista da seleção brasileira mas só. Não sei o que quero. Estou sem confiança. Sem confiança em mim, nos meus estudos, no meu futuro. Não vejo razão para utilizar o computador mas uso. Sinto vontade de dormir mas não durmo. É muita pressão a faculdade. Estudar pras provas que eu não estudei, fazer os trabalhos que eu não fiz, resolver os exercícios que não consegui. Estou indo dormir tarde, sempre e isso está me destruindo muito. Nada que eu não possa evitar. Já basta ter perdido aula na sexta e dormido na aula de segunda. O que está acontecendo comigo? Eu passaria por isso normalmente se não me sentisse tão mal em não assistir uma aula. É onde eu aprendo, onde ganho conhecimento, exercito meu raciocínio. Eu não estudo, nunca fui de estudar, aprendo na aula, com os exercícios, mas nem exercícios eu tenho feito. Nem ler eu tenho lido. Talvez todos esses problemas que aconteceram agora. O problema do vazamento, dormir tarde, demorar para fazer os trabalhos, perder algumas aulas. Também o cansaso, não há como negar, mas já estamos em Julho e ainda nem começei as provas desse semestre, ainda faltam mais de 2 meses e depois ainda terá mais outro semestre esse ano. Tem também minha conta bancárea negativa. As matérias esse semestre estão bem difícies, demandam muito tempo e eu não estou coseguindo distribuir meu tempo com minhas necessidades. O Kicho disse que eu estava estranho, devo estar mesmo. Não consigo me organizar, isso é horrível. Meu material de aula está jogado em cima de uma cadeira, meu computador cheio de apostilas que eu não li.

Eu sou como sou e não consigo mudar facilmente. Não consigo administrar o tempo, os estudos, o dinheiro, os relacionamentos. Pq todo mundo diz que eu sou inteligente? Terrível isso, mas estou em crise. Parafuso. Stress. Estafa. Cansaso mental. Cansaso físico. Estou e não estou. Me comporto como estando, mas não estou. Só preciso de um banho gelado e várias horas na cama. Como eu queria ter um carro. Poder estar onde eu preciso quando eu quero, quanto mais tempo eu fico na universidade mais ódio de ônibus eu vou tendo. Ter de estar meia hora antes no ponto pra chegar na universidade na hora. Não poder voltar pra casa na hora do almoço pois o tempo é curto pra voltar pra universidade de tarde. Estou ficando cansado do RU, os dias em que a comida está gostosa estão ficando na mesma proporção aos dias em que está ruim.

Esse é um post egoísta. De mim para mim. Sobre eu. Sobre uma parte de mim que hoje está de mau humor e cansada. Se algum dia eu ficar famoso vão criar múltiplas interpretações desse post? Não importa o que eu escreva, só eu sei o que eu tenho e o que estou sentindo. Noway.

Deixe um Comentário

1 Comentários.

  1. poxa, você nunca me pareceu estar assim…

    xox

    sc!

Não fique de fora, dê sua opinião!

%d blogueiros gostam disto: