Ontem 4 horas da manhã e eu voltando pra casa e ti…

Ontem 4 horas da manhã e eu voltando pra casa e tinha um fog tão intenso na cidade, que o céu tomou colorações alaranjada e verde, pessoas se tornaram vulto em meio a um turbilhão de fumaça branca que molhava o rosto e esfriava a pele.

Ontem no almoço na casa dos avós minha mãe leu um poema que fez todos começarem a chorar, incluindo Paulo, Aderson e Joaquim… Escrito por um filósofo judeu, com um cunho bem libertacionista. Muito mais bonbons e às 19 horas ainda teve reunião familiar no Fish’s. Ahhh se todo fim de semana fosse assim.

No Where is My Mind!? tem um post interessante da Carina sobre os pais. Pessoas que não nos entendem e acham que sabem tudo sobre nós. Que acham que somos deles, que fazemos o que eles fizeram no passado. Minha mãe nada sabe de minha vida em São Carlos, de minha vida amorosa e sexual e vem com insinuações bem desagradáveis. Acho que ela gostaria que eu tivesse lhe contado sobre todos as minas que eu já fiquei e eventualmente namorei, sobre meus casos, meus romances, meus amores. Talvez com inveja d’eu falar parte disso pro meu pai. Nem Freud explica.

Descobri um blog bem introspectivo, o D:E:L:Í:R:I:O:S D:E P:O:M:P:E:U. Interessante.

Deixe um Comentário

2 Comentários.

  1. ti bunitinhoooooooo…. =}

Não fique de fora, dê sua opinião!

%d blogueiros gostam disto: