Lembro-me de que uma vez brincamos com o Carlos de…

Lembro-me de que uma vez brincamos com o Carlos de Enigma, quando uma pessoa fala uma cena e as outras têm de descobrir porquê aquela cena aconteceu e explicar a cena. Lembro-me de uma: “Um homem vai ao bar, pede um copo de água, o garçon aponta uma arma para ele, o homem agradece e vai embora.

A Mari contou um outro semana passada: “Um homem pula do alto de um prédio, quando está caindo para a morte, escuta um telefone tocar e se arrepende profundamente de ter pulado.

O Jonas, ontem, contou um: “Um homem é encontrado morto dentro de um armário com uma bengala em uma mão e na outra uma arma e um livro.

Hoje na viagem de volta de São João del-Rei para São Paulo a Tici contou outro: “Dois corpos estão no chão ao lado de uma poça d`água.

Depois, eu contei o da Mari e o do Jonas para a Tici na viagem, ela contou o dela, então liguei pro Carlos e pedi mais um pra contar, ele disse o seguinte: “Uma mulher vai ao restaurante, pede para comer Gaivota, ela come, sai do restaurante e se mata.

Depois a Tici ligou pro Carlos também e ele passou mais dois: “Um homem está correndo com um pedaço de papel por um corrredor, as luzes do corredor piscam, ele para, deixa o papel cair e vai embora.” e “Um homem acende um fósforo, olha o relógio, vira para o lado e morre.

Esse último eu não sei a resposta…

Deixe um Comentário

3 Comentários.

  1. Nossa, não conheço nenhum desses….

    Mas conheço uma clássica:

    “Um homem foi encontrado enforcado numa cela vazia sobre uma poça d’água”

  2. …Mas a minha resposta para o que o cara entra no bar pra pedir água foi inusitada hein?!

Não fique de fora, dê sua opinião!

%d blogueiros gostam disto: