Leitura do conhecimento distinto

Moramos em um planeta com outros 6 bilhões de seres que compartilham da nossa capacidade em adquirir, trabalhar e expor idéias. A Terra é uma grande máquina criativa, onde cada indivíduo é uma engrenagem. Algumas engrenagens realizam papéis importantes, outras são sobresalentes e outras ainda estão lá só para atrapalhar.

Se há 10.000 anos metade dos seres humanos da Terra tivessem, ao mesmo tempo, tido o insight que permitiu a descoberta da energia elétrica e trabalhado individualmente a idéia, talvez 50 anos depois eles teriam a lâmpada.

Se há 10.000 um único ser humano da Terra teve o insight que permitiu a descoberta da energia elétrica, consigo imaginar dois futuros diferentes:
A – um décimo dos outros seres humanos trabalharam conjuntamente na idéia e talvez 50 anos depois eles teriam a locomotiva elétrica.

B – por questões geográficas o conhecimento ficou restrito a um grupo pequeno, que talvez 50 anos depois teriam a eletrólise, mas estariam longe da lâmpada, enquanto que o resto da humanidade continuaria atrás do insight da energia elétrica.

Um indivíduo sozinho não tem capacidade de ter infinitas idéias, mas existem infinitas idéias para se ter. Quanto mais pessoas tenham idéias, mais próximo estaremos do conhecimento do universo. Quanto menos paralelamente desenvolvermos as idéias, quanto mais serialmente uma idéia for desenvolvida, mais rápido será nossa evolução intelectual.

A grande dica é ler muito. Cada escritor desenvolveu e teve suas idéias. Alguém que conhece as idéias de vários autores, tem o poder de convergir essas idéias em uma idéia realmente nova. Lembre-se: um indivíduo sozinho não tem capacidade de ter infinitas idéias, mas existem infinitas idéias para se ter. Se infinitas pessoas tivessem a mesma idéia, bastaria uma única pessoa.

Tolos são os que acham que conhecimento é poder. O conhecimento horizontal é a visão do burro de carga. O verdadeiro poder está na capacidade de observar e produzir idéias novas além do senso comum. Eis a expansão da consciência!

Deixe um Comentário

0 Comentários.

Não fique de fora, dê sua opinião!

%d blogueiros gostam disto: