Hino a São João del-Rei

Hino a São João del-Rei
Letra: Bento Ernesto Júnior
Música: Carlos dos Passos Andrade
 
Salve, Terra gentil que fulguras,
No regaço da Terra de Minas,
Como um cofre das glórias mais puras,
Como um alvo das bênçãos mais divinas.
 
És estância de grato repouso
Aos que chegam cansados da luta!…
O teu seio é oásis formoso,
Onde uma alma o descanso desfruta!…
 
Há nas rochas de tuas montanhas
Um poema de glórias escrito:
Teu denodo em grandes campanhas
Teu amor no trabalho bendito.
 
Tua história de sempre, aparece
Circundada de um halo de luz
Pois se a glória o teu nome enobrece,
De bondade o teu nome reluz.
 
As muralhas das tuas igrejas
Sào proclamas da Fé que tu tens,
Fé que anima o fervor das pelejas,
Fé que abranda da vida os vaivéns.
 
Salve Terra!… Entre terras mineiras
Tens um posto de grande fulgor
Foram tuas as vozes primeiras
Contra o mal de um governo opressor.
 
-Estribilho-
Salve, terra querida e formosa!…
Salve terra de São João del-Rei!…
Sê tu sempre feliz e gloriosa,
Sentinela da Crença e da Lei!
Deixe um Comentário

0 Comentários.

Não fique de fora, dê sua opinião!

%d blogueiros gostam disto: