Expedição Pico da Bandeira – 3ª Parte A descida…

Expedição Pico da Bandeira – 3ª Parte

A descida foi bem mais fácil. Estava claro, não precisávamos da lanterna e era só descida. No caminho todo, só tivemos de subir uma vez… imagina na hora de subir o pico! Erramos só uma vez, agora era possível ver mais que 10 metros na nossa frente, mas mesmo assim a neblina não tinha ido embora e não conseguíamos ver os morros ao nosso redor. Quando deu pra ver por entre a neblina um vale coberto de nuvens e morros, paramos pra tirar fotos, comer, tirar um pouco das blusas e depois descemos mais. Fomos chegar no acampamento depois de 2 horas e meia de caminhada… Tomei meu segundo banho (gelado, gelado, gelado) na viagem e fui dormir, de cueca mesmo, no saco de dormir eu não ia sentir frio nem calor.


O Paulzinho acordou a gente pra almoçar, almoçamos, pegamos a Toyota e fomos pro Parque Estadual da Cachoeira da Fumaça. Depois de rodar quase 2 horas em estrada de terra. Tivemos muuuuuita sorte, pois em cada cruzamento em que passamos, encontramos alguém a pé, ou de cavalo ou de bicicleta ou de carro que poderia nos dar informações. A cachoeira da fumaça é muuuuuito grande e tem muuuita água. Mesmo agora no Inverno. Lá estava deserto e é muito bonito, tem uma área de camping super legal, com churrasqueiras e tudo… Fizemos um lanche lá e depois voltamos pro camping. Depois de mais quase 2 horas por estrada de terra chegamos na portaria do parque pela segunda vez e pela segunda vez estava de noite. Subimos os 9km da portaria até o camping sacolejando e sacudindo e fazendo curvas e desviando de buracos, com tração 4×4 e de primeira/segunda. O Marcelo, que não tinha dormido no sábado antes de subirmos o pico e de manhã dormiu pouco, estava incomunicável e foi dormir… na verdade todo mundo foi dormir e eu fiquei fazendo a janta com o Paulzinho, depois de acender a fogueira, é claro. Ele com a pinga, eu com o vinho, foi um “fast food”, como disse ele, já que quando ficou pronto todos (menos o Daniel) levantaram, comeram e voltaram a dormir, até eu.

Deixe um Comentário

0 Comentários.

Não fique de fora, dê sua opinião!

%d blogueiros gostam disto: