Cluster com Linux na BIOS

O Cluster Reseach Lab no Advanced Computing Laboratory do Los Alamos National Laboratory criou uma versão de Linux para substituir o BIOS de computadores, o LinuxBIOS.

É só o Kernel compactado, que permite um boot frio, ligando apenas o necessário, de forma mais rápida e evitando erros que algumas versões de BIOS têm.

A proposta é muito interessante, uma vez que eles utilizam isso para criar clusters com o mínimo de consumo de energia e de partes móveis (HDs, fans, coolers, etc), uma vez que isso não é necessário para o cluster.

Quando eu tava na faculdade, três nerds malucos (Eugeni Dodonov, Bruno do Amaral Dias Baptista e Luis Gustavo Castanheira) criaram o Ragnar Cluster, um cluster em Linux que adicionava os nós automaticamente à medida que eles iam entrando na rede, através de um simples boot… com um disco de boot. A idéia do LinuxBIOS é fazer isso direto ao ligar o computador que funciona como nó, sem necessidade de disco de boot (por isso o termo "boot frio") e com outras vantagens inerentes.

Deixe um Comentário

0 Comentários.

Não fique de fora, dê sua opinião!

%d blogueiros gostam disto: