Abri o meu computador hoje e tirei o processador. …

Abri o meu computador hoje e tirei o processador. E que susto! Depois de ler as páginas da Intel e o manual da minha placa mãe eu já sabia como tirar o processador de cór e salteado e estava sabendo que precisava fazer força. Tanto que a Intel como a Assus recomendam o uso de luvas pra não se machucar! Eu segurei com o mãozão o dissipador de calor com os dois coolers e e puxei pra cima, fiz tanta força que quando o processador saiu deu um estalo tão alto que pensei ter quebrado algo nele, na placa mãe ou no URM (Universal Retention Mechanism, que prende o processador + dissipador de calor no Slot 1 da placa mãe). Puro engano… Tirei o dissipador de calor do cartucho do processador, anotei os códigos do processador pra poder ver as especificações técnicas dele e analizei tudo.

Analizei o processador, o dissipador de calor, os coolers, o clip metálico de fixação… Notei que em baixo do dissipador, na parte que fica em contato com o processador, tinha algo como uma fita, do tamanho de um selo, quadrado, de cor alaranjada e com aparência de plástico. Pensei em tirar isso, pq debaixo deveria ter pasta térmica e por isso ele estava esquentando, por causa do plástico de proteção. Começei a tirar a pontinha e vi que realmente em baixo dele tinha algo branco e a parte alaranjada parecendo plástica era fininha. Fui tirando mais e quando tirei algo de uns 3mm ví que em baixo não era pasta térmica, mas algo que parecia um tecido, como esparadapo. Fiquei transtornado com isso. Primeiro pq tinha destruído um pedaço do selo, depois pq se aquilo fosse como pasta térmica, não tinha motivo do meu processador estar superaquecendo e deveria ser algo muito mais sério.

Liguei pro Cláudio mas ele estava no telefone, na segunda e na terceira vez também. Por fim resolvi falar com um técnico e ele me disse que aquele selo aumentava o calor, que devia ser removido e tinha de colocar pasta térmica no lugar. Foi um alívio ouvir aquilo. Liguei pra Fernanda, falei que tava indo no Cláudio pegar pasta térmica e ver se meu cooler era de rolamento e se não fosse, se lá tinha um pra vender. Acabei indo lá com ela, eu levei o dissipador de calor+cooler+clip metálico e a Fernanda levou o adaptador FC-PGA+Celeron+Dissipador de Calor+Cooler dela. Quarenta minutos andando até lá e descobri que meu cooler não é de rolamento, mas de bucha e que eles não tinham cooler de rolamento pra cartucho SECC2. Roberto, o técnico que falei ao telefone, passou pasta térmica no dissipador de calor, a Fernanda comprou 4 CDs virgens mas não comprou um super cooler de rolamento pro processador dela pois tava 20 contos e no Valdir era 16, se não me engano.

Cheguei em casa depois de comer uma tigela de Açaí e coloquei o dissipador de calor no cartucho do processador, apertei bem o clip de metal que segura ele e encaixei na placa mãe. Liguei e por com grande espanto a temperatura não chegou aos 87ºC, ficou nos 50 e poucos. Não acreditando na eficiência do negócio, entrei no Counter Strike e começei a jogar. Nada de temperatura passar de 55 graus. Tô aqui digitando esse comment e ouvindo MP3 e a temperatura está estável em 40 graus. Antes disso, na ociosidade a temperatura ficava na casa dos 57 graus… Quando eu jogava Quake III passava dos 90 graus e eu já presenciei passar dos 100 graus umas 4 vezes, jogando Quake III.

Lendo agora, os arquivos da Intel, descobri que o Pentium III 667 é melhor que o meu Pentium III 700 e que o Pentium III 733 é melhor até que o Pentium III 850. Isso só porquê tanto o 700 quanto o 850 têm barramento 100Mhz e o 667 e 733 têm barramento 133Mhz. Vou tentar trocar o meu 700 por um 733, ainda mais que minha memória RAM e placa mãe são 133Mhz…

O documento 2445701.pdf, intitulado “Mechanical Assembly and Customer Manufacturing Technology for S.E.C.C.2 Package Processors”, é o mais maneiro, massa, completo e informativo que eu já vi. Mostra até qual a maneira correta de colocar os cartuchos SECC2 na caixa, para transportar até o local onde eles são embalados. Com desenhos, escalas e até fotos. Com um documento destes, se eu tivesse uma empresa, poderia construir um cartucho SECC2, tá tudo explicado!

É muuuito pequena a alma do meu Pentium III 700Mhz… Die area: 1.05cm2, Cache Area: 0.32cm2, Core Area: 0.73cm2. Aquela capa de plástico preto que cobre parte do cartucho é feita de GE Lexan 940-VO e pesa 18 gramas. O cartucho SECC2 tudo pesa 54 gramas.

Deixe um Comentário

0 Comentários.

Não fique de fora, dê sua opinião!

%d blogueiros gostam disto: