Trajeto trabalho-casa de bicicleta

Ontem foi o primeiro e hoje foi o segundo dia que fui e voltei pro trabalho de bicicleta.

Ontem voltei pela ponte Cruzeiro do Sul, subi a Zuquim até a Álvaro de Abreu e desci a Pedro Madureira até chegar no metrô Jardim São Paulo, na Av. Leôncio de Magalhães.

Hoje o Danilo deu a dica de ir pela ponte da Bandeira, me explicou direitinho mas eu fiz uma cagada enorme!

Peguei a Eduardo Chaves, virei na Guaporé, segui pela Tiradentes e atravessei no meio dos carros engarrafados, fui seguindo pela rua e depois de uns metros percebi que a ponte não subia nunca… Então vi uma placa “Ponte Cruzeiro do Sul”, então percebi que eu estava na pista expressa da Marginal Tietê!!!!! Terminei de passar em baixo da ponte Cruzeiro do Sul, peguei a bike, pulei o guard rail, atravessei o canteiro, pulei o outro guard rail e, aproveitando o trânsito parado, atravessei a pista local da Marginal Tietê empurrando a bike… ufa!

Depois fiz o caminho normalmente, indo pela Ataliba Leonel, Luiz Dumond Vilares e subindo ao lado do Parque Domingues Luiz até o metrô Jardim São Paulo.

Amanhã vou tentar um caminho mais eficiente… e vou tomar cuidado pra não entrar na Marginal 🙂

Deixe um Comentário

2 Comentários.

  1. #2 - Canteiro da Cruzeiro do Sul e passeio na Marginal - pingback on 29 de maio de 2008 em 22:07
  2. Também esperamos muito que seja aprovada, em São Paulo já existe, inclusive um integrante do grupo entrou em contato com uma seguradora de Santos e ela nos proporcionou alguns detalhes que postarei hoje ou ainda essa semana, passe lá para ver! As informações que pesquisei aqui foram muito úteis!

    Obrigado pelo comentário.
    Equipe
    http://www.seguresenabalada.wordpress.com

Não fique de fora, dê sua opinião!

Trackbacks e Pingbacks:

%d blogueiros gostam disto: