Louco agressor atropelador de ciclistas

Quanto mais a história do monstrorista que atropelou mais de 40 ciclistas em Porto Alegre se desenrola, mais a hashtag #naofoiacidente faz sentido.

Me Faltou Amor

Me Faltou Amor

Ricardo José Neis, 47 anos e funcionário público no Banco Central de Porto Alegre, pediu internamento em clínica psiquiátrica e já está com outro advogado: Jair Antônio Jonco. Será que o advogado Luís Fernando Coimbra Albino se tocou que é caso perdido defender um idiota desses ou o atropelador está contratando uma legião de advogados pra tentar se safar das consequencias civis de seus atos?

Aliás, o advogado Luís Fernando Coimbra Albino é diretor-administrativo financeiro da da Carris, companhia de transporte público de Porto Alegre. Não rola um conflito de interesses aí não?

Além das graves multas de trânsito, como dirigir na contramão ou sobre a calçada, o infrator também tem uma acusação de ameaça e agressão contra uma mulher em seu histórico pessoal.

Seu próprio filho, de apenas 15 anos e que estava dentro da arma do pai, disse que foi o pai quem começou a agressão verbal aos ciclistas.

O pior é que pela sua tragetória pessoal ele parece ser uma pessoa inteligente e estudiosa:

Quem quiser mandar um e-mail pra ele: [email protected]

Deixe um Comentário

0 Comentários.

Não fique de fora, dê sua opinião!

%d blogueiros gostam disto: