Repórteres da Reuters assassinados no Iraque

Já joguei o jogo Call of Duty Modern Warfare 2, inclusive uma fase onde, a bordo de um avião com visão noturna, tiros de grosso calibre são disparados em inimigos no solo, armados.

Não sabia que o jogo era tão real!

Acabei de assistir o vídeo abaixo, de menos de 18 minutos e vazado pelo WikiLeaks, que mostra a gravação da câmera de um helicóptero AH-64 – Apache, do exército dos Estados Unidos, em um evento em 12 de Julho de 2007 onde 11 pessoas, incluindo 2 crianças e 2 repórteres da Reuters, foram assassinadas.

Não é um filme, não é uma cena de jogo, é uma filmagem real de um acontecimento real a bordo de um helicóptero real onde pessoas de carne e osso morreram.

É revoltante ver Saeed Chmagh, funcionário da Reuters e motorista do fotógrafo Namir Noor-Eldeen, ferido e se arrastando pelo chão [7m48s] e os estadunidenses no helicóptero pedindo permissão pra atirar nele. Quando chega uma van com 2 crianças [9m02s] e um cara desce pra ajudar o repórter morimbundo [9m45s], novamente os militares pedem permissão pra tocar o terror e detonar com todo mundo, como se fosse um jogo de computador [9m37s]. Infelizmente dessa vez eles conseguem a permissão [9m52s] e matam o jornalista, os dois samaritanos e deixam mortalmente feridas as duas crianças.

No vídeo dá pra ver um tanque dos Estados Unidos passando por cima de um corpo [12m45s] e os milatares de dentro do helicóptero dando risada da situação. O capitão James Hall, que chegou ao local depois das mortes, disse ao jornal Washington Post: “Nós paramos e eu pude escutá-los através do rádio dizer que não podia dirigir os [tanques] Bradleys porque tinham muitos corpos e eles não queriam passar por cima deles”.

Pior ainda é pegarem as duas crianças que estavam na van e foram atingidas pelos disparos pra levar pro hospital de campo dos Estados Unidos [14m35s] e isso ser recusado [15m04s], eles são deixados lá para a Polícia Iraquiana levá-los a um hospital local…um dos militares ainda diz: “Bem, é culpa deles trazerem os filhos pra batalha.” [15m26s]

Depois o major Brent Cummings ainda tem a pachorra de dizer pro Washington Post que “Nenhum civil inocente foi morto por nós deliberadamente. Nós nos esforçamos ao máximo pra evitar isso.  Eu sei que duas criaças foram feridas e nós fizemos tudo que podíamos para ajudá-las. Eu não sei como as crianças se feriram.”

Nesta mesma matéria dizem que o helicóptero abriu fogo depois que os pedestres atiraram com metralhadoras e lançadores de granadas (RPG) e que atiraram na van pois várias pessoas se aproximaram dela, sendo que é tudo mentira, já que pelo vídeo ninguém atirou no helicóptero e atiraram na van pra não deixarem salvar um ferido. Nem vou comentar a afirmação da matéria de que as criaças foram feriadas por estilhaços né? A maldita van explodiu e rodou 45º depois de levar chumbo… com a menina o menino dentro!

Deixe um Comentário

4 Comentários.

  1. O que os ‘repórteres’ estavam fazendo em um território de guerra no meio de inimigos?
    Pq não avisaram aos USA que estavam fazendo uma ‘reportagem’?
    Muito estranho…

    • é por causa de pessoas iguais a você que o mundo esta cada dia pior pra se viver! preste atenção!se você tem conhecimento das materias é porque os reporteres arriscam suas vidas. estes soldados dos eua que são as pessoas mais incompetentes do mundo!

  2. Eles nem viram o helicóptero. O Exército americano fez o que faz qualquer exército: atira e pergunta depois. É só mais um alvo. Está no campo de batalha, é inimigo. Até o Brasil tem denúncias de abusos no Haiti…

    Se quizessem detonar mesmo, era só mandar um míssel na van. Não sobraria nada!

    O Apache é o helicóptero mais letal que existe em operação. (Isso que cancelaram o projeto do Comanche, que é 2 vezes mais silencioso)

    http://ciencia.hsw.uol.com.br/helicopteros-apache.htm

    • entao vc quer dizer que si um morador das favelas do rio de janeiro nao pode reclamar de tomar tiro de bala perdida foi isso q entendi ‘esta no campo de batalha é inimigo”para pra pensar um pouco IDIOTA.

Não fique de fora, dê sua opinião!

%d blogueiros gostam disto: