365 peças de um quebra cabeças

A mente anda atarefada
Mas no hiato pensa uma peça
Um pedaço de um conto de fada
E de novo, tudo começa…

Qual peça é não interessa
Seja um olho, seja um cheiro
Todo o conjunto vem à cabeça
E gera a figura por inteiro

O tempo voa, o tempo pára
Como num filme toda peça passa
Mas cada vez mais clara…
Some como se fosse fumaça

Lembrança ou sonho? Fantasia ou Real?
Através da razão, busco a resolução
A imagem é nítida, a sensação surreal
Mas sem decisão, não vejo solução

Deixe um Comentário

0 Comentários.

Não fique de fora, dê sua opinião!

%d blogueiros gostam disto: