Como subir código fonte para o Google Code

Assim que eu coloquei o ticker de Consulta Cotação Bovespa no Google Code, a primeira dificuldade que tive foi para colocar o código fonte dele no repositório do Google Code, que é usa o SVN (evolução do CVS, que mexi por alto no tempo de faculdade).

Como eu uso Windows e quero facilidade acima de tudo, nada de ficar digitando linha de comando, instalei o TortoiseSVN.

  1. No Windows Explorer, clica-se com o botão direito na pasta onde está o código fonte da aplicação e vai na opção TortoiseSVN -> Import…
  2. Abre-se uma tela onde pede para digitar a URL, que é a que fica na aba “Source” no projeto, no meu caso é https://cotacao.googlecode.com/svn/trunk/
  3. Nessa tela tem um campo para digitar uma mensagem, que pode ser “Versão inicial” ou algo do gênero.
  4. Pede login e senha. O login é o nome do Google Account, que também está na aba “Source” e no meu caso é cintra. Para descobrir a senha é só clicar no link googlecode.com password, nessa mesma aba.
  5. Pronto, agora os arquivos estão no repositório.

Como pela opção “Import…” todos os arquivos dentro da pasta são enviados, é interessante verificar antes se não tem “lixo” na pasta, como arquivos temporários ou binários. O repositório de código é para armazenar apenas código!

No Google Codes existem 4 pastas:

  • branches (galhos): são versões derivadas de outras versões. Pode ser uma versão intermediária, que ainda não está estável. Não é uma cópia física da versão, apenas um “link”.
  • tags (etiquetas): no Source Safe era chamado de Labels, servem para identificar uma versão. Também não é uma cópia física da versão, apenas um “link”.
  • trunk (tronco): é a versão principal da aplicação e não deixa de ser um “branch”
  • wiki: é onde ficam as páginas wiki do site do projeto.

Então após ter subido o código fonte para a pasta trunk, eu criei uma tag para a versão que eu subi, que é a 2.4.1 e o procedimento também é muito simples.

  1. No Windows Explorer clicar com o botão direito do mouse em uma pasta e ir em “SVN Checkout…” e fazer o checkout da pasta trunk do projeto
  2. Clicar novamente na pasta e ir em “TortoiseSVN” -> “Branch/tag…”
  3. Digitar a URL de destino (no meu caso deixei como https://cotacao.googlecode.com/svn/tags/2.4.1/)
  4. Informar o “Create copy in the repository from:”. Como no meu caso é para usar a última versão, eu marquei a opção “Head”
  5. Informar uma mensagem e mandar bala!

Não acho que o TortoiseSVN seja o melhor programa, vou tentar outros também. Minha busca é para um que funcione atrás de proxy.

Deixe um Comentário

2 Comentários.

  1. Olá! Parabéns pelo tutorial. Consegui dar meu “Import inicial” usando suas dicas. Valeu.

  2. Cara, e agora, já testou com o novo tortoise?

Não fique de fora, dê sua opinião!

%d blogueiros gostam disto: