Arquivos de Categorias: Sem categoria

Saldo de pára-quedas

Que vontade de saltar novamente, mas sozinho!

Velocidade máxima

Qual a velocidade máxima que um ser humano consegue atingir? Algo em torno de 36km/h, não mais que isso. De onde eu tirei isso? O recorde mundial de 100 metros livre é de 9,77 segundos.

Submarino na Internet

É incrível o número de pessoas que procuram a URL de sites em mecanismos de procura… e com erro! Olha alguns exemplos para o Submarino:

Google Neven Vision

Li no blog do Google, eles Google fezeram mais uma aquisição de peso: a empresa Neven Vision, para integrá-la no Picasa e nas buscas de imagens pela web.

Entrei no site da empresa para ver o que eles fazem: identificação biométrica (identifica quem é quem, pelos rostos das pessoas nas fotos), tanto para servidores quanto para celulares.

Assustador ou emocionante?

Documentação de projetos de sistema

Documentos do Word são estáticos, wikis são dinâmicos, um é fácil de usar e muito usado, outro é difícil de configurar e instalar.

Documentações de sistemas que seguem algum processo são baseadas em diversos documentos: plano de empreendimento, atas de reunião, padrão de banco de dados, arquitetura, design, infra-estrutura, segurança, registros de riscos, modelos e especificações de casos de uso, cenários e relatórios de validação de arquitetura, implementação, testes, planos de ambientes, protótipos de interfaces, requisições de mudança, etc.

A utilização de documentos Word para criar essa documentação tem dois problemas estruturais:

  1. não existe uma forma trivial de criar e utilizar templates de documentos Word e muito menos reaproveitar documentos criados a partir de um template. Quando um novo projeto vai ter o conteúdo muito semelhante a outro projeto já realizado, é mais simples duplicar o documento final do projeto já realizado e fazer as alterações do que criar um novo documento a partir do template vazio e copiar trechos de texto de um documento para outro, perdendo-se assim qualquer melhoria que tenha sido realizada no template
  2. ao final do processo temos uma documentação segmentada em inúmeros arquivos, hierarquizados em pastas, interligados apenas por referência textual de um documento a outro

Para organizar esses incontáveis arquivos Word armazenados em pastas, toda documentação deveria ser feita em wiki, abusando de hyperlinks, mas para isso precisaríamos de uma plataforma wiki extremamente simples, com controle de versão transparente e excelente usabilidade.

A possibilidade de utilizar formulários para a entrada de informações no wiki a partir de templates dos documentos, além de poder “herdar” outros documentos já produzidos torna a abordagem wiki para documentação extremamente atraente.

Ganharíamos com isso velocidade na criação de novos projetos, melhor navegação entre as interdependências dos diversos documentos e o que é melhor, documentação padronizada e facilmente acessível.

del.icio.us, favoritos & intranet

O del.icio.us é fantástico, mas tem dois "contras”. Um é inerente a qualquer serviço pela Internet: pode ficar fora do ar. O outro é que não funciona bem para endereços locais ou dentro de uma Intranet, além de comprometer a segurança por deixar público informações sobre estrutura interna de endereços.

A melhor solução para esses contras seria sincronizar os links do del.icio.us com um pendrive e incluir no pendrive os favoritos locais e da Intranet. Se alguém souber como fazer isso, deixe um comentário.

Lista Blogosfera

O Fábio Seixas propôs (e colocou em prática) a criação de uma lista de discussão para a comunidade blogueira no Brasil . Nasceu assim a lista blogosfera.

Estamos discutindo inúmeros assuntos interessantes nela:

  • Apresentação dos blogueiros da lista
  • Monetarização de blogs (AdSense, programas de afiliados, etc.)
  • O que é blog de qualidade (pertinência, assiduidade, visitas, comentários, etc.)
  • Profissionalização de blogs (trabalhar com blog, associação, etc.)
  • Blogs generalistas vs Blogs especialista (blogar sobre trabalho, diário do cotidiano, reblog, blogs técnicos, etc.)
  • Troca de links (sites brasileiros como Slashdot ou BoingBoing, plugins para WordPress, etc.)
  • Sugestão de criação de podcast e logotipo/selo para a lista

Coloquei no meu bloglines todos os blogs do pessoal da lista blogosfera que têm feed.

Político Honesto

Esse ano vou votar em um político honesto para presidente, governador e deputado!

PCC falando na Globo

Caramba, está no agora, no meio do Plantão Globo um cara do PCC vestido com touca ninja, lendo uma carta pedindo o fim do RDD (Regime Disciplinar Diferenciado). Eles só conseguiram isso pois sequestraram um auxiliár técnico da TV Globo e o repórter Guilherme de Azevedo Portanova e só vão soltar o repórter se o vídeo for exibido na íntegra.

Vou procurar a íntegra do texto e o vídeo no YouTube.

Isso é tática de guerrilha, estamos perdidos!

Insanidade total

O que motiva dublês a fazerem cenas como essas?

Bandidos & Polícias

Essa notícia no Globo.com sobre roubos de aparelhos de CD em carros é de entristecer o mais otimista e revoltar o mais equilibrado.

Bloglines

Finalmente aderi ao Bloglines e deixei meu Blogroll público.

Inércia da vida

Hoje enquanto almoçava passou um garoto mendigando na frente da lanchonete e pensei: "Se enquanto é criança ele vive mendigando, largado na rua, quando for adulto ele muito provavelmente continuará marginalizado, não melhorará de vida. "

É muito fácil ter um pensamento desses, de que uma criança socialmente miserável será um adulto socialmente miserável, pois não tem perspectiva de subir na vida. É até intuitivo crer nessa dificuldade de concretizar sonhos, prosperar na vida, pois falta o apoio emocional, financeiro, educacional…

Acredito muito na "lei do mínimo esforço" e na "inércia", dois conceitos da física clássica que podem muito bem serem aplicados na economia (ou sociologia, nomeie como quiser). Qualquer pessoa pode melhorar de vida, desde que queira e faça por merecer, mas tem de se esforçar para vencer o comodismo.

Até aí, pensamento normal… foi então que tive um momento epifânico: eu achar que o mendigo não vai realizar seus sonhos pois é difícil ele vencer tanta dificuldade e a inércia acabará vencendo é exatamente o mesmo que eu ficar na inércia enquanto os dias se passam e meus sonhos continuam sendo sonhos.

Se eu não me mobilizar para fazer meus sonhos acontecerem, terei o mesmo fim trágico que o adulto mendigo que não soube deixar de ser um menino mendigo.

Linkania

No CrisDias achei o blog do Alexandre Maron então o do Fabio Seixas, que cita bastante o Alexa (que eu tenho um ódio mortal, pois quando começei a usar Internet, há quase 10 anos, ele era uma praga) e achei o SexUploader. Um YouTube + ImageShack misturado, mas para vídeos eróticos. Quem vai gostar disso é o Pedro Dória, se bem que agora ele está ocupado com a nova guerra no Oriente Médio…

Como pode a raça humana sobreviver pelos próximos 100 anos?

Stephen Hawking, um gênio que nasceu 25 dias antes de meu pai e 300 anos depois de Galileu sofre de esclerose lateral amiotrófica, uma doença degenerativa que vai paralizando os músculos, um a um e hoje não consegue nem sustentar o peso da cabeça…

Mesmo assim, ele usou o Yahoo Answers (site do Yahoo onde as pessoas fazem perguntas e outras pessoas respondem, sendo que quem fez a pergunta pode dizer qual a melhor resposta) e perguntou: " How can the human race survive the next hundred years?" (Como pode a raça humana sobreviver pelos próximos 100 anos?). Ele teve mais de 25.000 respostas e já escolheu a melhor.

Para finalizar, uma citação dele:

"I think computer viruses should count as life. I think it says something about human nature that the only form of life we have created so far is purely destructive. We’ve created life in our own image." – Stephen Hawking

"Eu acho que vírus de computador devem ser considerados como vida. Eu acho que diz algo sobre a natureza humana o fato de que a única forma de vida que nós criamos até agora é puramente destrutiva. Nós criamos vida à nossa própria imagem. " (tradução literal da citação acima)

A Internet não é incrível?

%d blogueiros gostam disto: