Arquivos de Categorias: Internet - Page 2

Plágio em Propaganda?

Há vários anos fiquei admirado com o vídeo abaixo, quando animações 3D nem eram tão populares:

O vídeo foi criado por Wayne Lytle e Dave Crognale da Animusic e chama-se “Pipe Dream”. Foi lançado em 2001…

Essa semana assisti a uma propaganda do Multiplus Fidelidade que é muito semelhante:

Existe uma tênua linha entre inspiração e plágio…

Aluguel de DVD e BluRay pela Internet

A Americanas “comprou” a BlockBuster do Brasil em 2006 e transformou quase todos os pontos em “Americanas Fácil”. Depois Americanas e Submarino se juntaram. Agora Submarino lança o aluguel de filmes DVD e BluRay pela Internet, com planos mensais de preços baixos, sem cobrar frete, entregando os DVDs escolhidos direto na casa do cliente, usando a estrutura do já existente Blockbuster Online, que desde ano passado já alugava DVDs pela Internet.

O funcionamento é bem simples: escolhe no site, recebe em casa, assiste e devolve. Só não entender como faz pra devolver… se ao receber um novo tem de entregar na hora ou se tem de levar em uma loja física.

O bom é que vai ser uma alternativa ao já existente NetMovies, que desde 2006 realiza esse serviço aqui no Brasil, parceria com o criador do formato, o estadunidense Netflix.

Os planos do Submarino não estão tão baratos quanto os planos da Netflix, mas estão mais baratos que os da NetMovies, sendo uma ótima alternativa e que vai acirrar a concorrência do mercado, com uma vantágem, a Netflix nos EUA não aluga blueray.

Agora vi vantagem em comprar um player Blu-Ray 🙂

I don’t mind if you forget about me

O Rodrigo Assaf (@rodassaf) deu a dica da animação Forget. A música é uma delícia! 🙂

Loirinha dos 80min do comercial da Claro

A Claro lançou recentemente um novo comercial para falar de seus planos versáteis, usando a música That’s The Way (I Like It), mas o que roubou a cena foi a “loirinha” que aparece no centro do comercial, levantando a placa de 80 minutos.

No Yahoo! Respostas tem gente perguntando o nome dela, tem comunidade no Orkut procurando quem ela é e no Clube da Propaganda uma legião de fãs declarando sua paixão por ela.

Nesse último local uma mulher chamada Júlia se identificou como sendo a loira do comercial. Ela tem 32 anos e… é casada. Mas para quem criou uma paixão platônica por ela, hoje ela deixou seu e-mail: juliamontematarazzo@hotmail.com

Tenho certeza que se ela quiser seguir a carreira de atriz, apresentadora ou modelo, já tem o apoio de muita gente!

Como fazer Orkut

Orkut

Como fazer um Orkut? Fazer um Orkut é muito fácil se forem seguidas as instruções detalhadas abaixo.

Se você ainda não tiver uma Conta do Google, siga esses passos para criar uma:

Conta do Google

  1. Entrar no endereço do Orkut: http://www.orkut.com
  2. No quadrado onde está escrito “Ainda não é membro?” clicar em “ENTRE JÁ
  3. Informe “Nome” e “Sobrenome”, se quiser – são campos opcionais
  4. Informe o seu e-mail. Muito importante, pois é o e-mail para onde será enviada sua senha do Orkut, caso você se esqueça.
  5. Crie uma senha. Extremamente importante! Não coloque nome, data de aniversário, cidade ou qualquer outra senha que seja fácil, pois a forma mais fácil de hackear um Orkut é chutando senhas óbvias. Escolha uma senha comprida, mas que seja fácil de você memorizar. Faça uma que tenha “Força da senha”  “Relevante”.
  6. No campo para “Verificação de palavras” digite as letras que aparecem torcidas, em verde, acima do campo. Se não entender as letras, clique na imagem da cadeira de rodas que as letras serão faladas, mas você ainda terá de digiar.
  7. Clique no “Aceito. Criar minha conta.”
  8. Seguir os “Passos comuns para fazer um Orkut”, abaixo.

Se você já tiver uma Conta do Google, siga esses passos para fazer o Orkut:

Conta do Google

  1. Entrar no endereço do Orkut: http://www.orkut.com
  2. No quadrado onde está escrito “Acesse o Orkut com a sua Conta do Google” informe seu e-mail e a senha da Conta do Google, não necessariamente é a senha do e-mail
  3. Clicar no botão “Login”
  4. Seguir os “Passos comuns para fazer um Orkut”, abaixo.

Passos comuns para fazer um Orkut:

  1. Informe sua data de nascimento
  2. Informe seu nome e sobrenome
  3. Informe se você é homem (sexo masculino) ou mulher (sexo feminino)
  4. O país é o Brasil mesmo
  5. Marque a caixa onde está escrito “Sei que devo ter 18 anos ou mais para usar o orkut.com. Tenho 18 anos ou mais e aceito cumprir o Estatuto da Comunidade ao usar o orkut. Também concordo em cumprir com estes termos adicionais.”, se concordar com tudo.
  6. Clique em “tudo certo, pode criar minha conta”

Se você seguiu todos esses passos, agora já tem um Orkut, parabéns!

Painel IPS e Spoof

Achei curioso a quantidade de pessoas que estavam comentando sobre painel IPS para TV de LCD no meu post sobre TV de Plasma ou LCD?, sendo que eu nunca havia ouvido falar sobre isso, muito menos tinha visto em peças publicitárias ou em descrições das características da TVs. Em fóruns especializados também não há essa preocupação excessiva com a tecnologia do painel da TV.

Dos 53 comentários quase metade eram sobre a qualidade superior da LCD sobre a plasma, a maravilha que é o painel IPS nas TVs de LCD e a superioridade das TVs de LCD da LG com IPS sobre as TVs de outras marcas. Então notei que ontem alguém havia atacado o blog com esses comentários tendenciosos.

Hoje o Regis sugeriu colocar CAPTCHA pois poderia ter sido um robô e resolvi revisar os comentários antigos. Descobri que não foi só ontem que esse spoofer atacou meu blog, já tem mais de um mês que ele vem fazendo isso! Inclusive no post sobre as TVs do Desafio Philips… Não é robô pois os comentários até que são pertinentes aos assuntos dos posts, inclusive me chamando pelo nome em um deles.

Não sei se é alguem pago pela LG, pelas fabricantes de LCD ou se é apenas um desocupado que comprou uma TV LCD da LG com painel IPS achando ser o máximo e se decepcionou, fazendo marketing de guerrilha pra tentar levar pra galera o conhecimento dessa tecnologia.

Abaixo vários comentários desse indivíduo (peço para não relevá-los):

painel-ips-spam-1

painel-ips-spam-2

painel-ips-spam-3

painel-ips-spam-4

A guerra LCD vs Plasma

Quando me decidi que estava na hora de comprar uma TV nova e aposentar a velha TV de tubo CRT, que nem era tela plana, pesquisei muito entre TVs de LCD e suas vantagens/desvantagens sobre as TVs de Plasma.

Por fim acabei comprando uma TV de Plasma Full HD (1080p, 1920×1080 ou 2,1 megapixels) de 42″, da Panasonic, sem conversor digital.

Escolhi plasma pela qualidade superior que LCDs para assistir filmes (cores mais vivas, pretos mais pretos, melhor luminosidade, sem tempo de espera).

Escolhi Full HD pois pretendo ter um tocador de discos BluRay, um PlayStation3 ou um computador com saida HDMI nos próximos 5 anos.

Escolhi 42 polegadas pois é o maior tamanho que fica confortável na minha sala… e também era o máximo que eu tinha como pagar, mesmo nas 10 vezes em que parcelei.

Escolhi uma sem conversor digital pois era essa que tinha no último dia das Casas Bahia no Anhembi. Se tivessem as duas eu pagaria os 400 reais a mais e levava uma com conversor, só pela praticidade de ter um controle remoto a menos.

Escolhi Panasonic pois é, junto com a Pioneer, a melhor fabricante de TVs de plasma do mundo. TVs da Pioneer não são vendidas no Brasil, então comprei uma TV da melhor marca de TVs de plasma do Brasil.

Hoje estou subutilizando a TV de forma absurda: assisto TV aberta e TVA analógica de qualidade padrão (SD – standart definition), jogo Wii que é HD (720p – 1280×720 ou 0,9 megapixels) e algumas vezes assisto filme HD pelo computador. Meu computador é antigo e não consegue reproduzir conteúdo Full HD (1080p), além da entrada VGA da minha TV só aceitar até 720p. Ou seja, comprei Full HD mas nunca utilizei Full HD, utilizo HD algumas vezes, mas na maioria das vezes só utilizo sinal SD.

Eu pesquisei e comparei tanto antes de me decidir que acabei fazendo um post aqui no blog explicando as diferenças entre LCD e Plasma.

Sempre venho recebendo comentários construtivos contra ou a favor de LCD ou Plasma e hoje recebi o primeiro ataque. Alguém escreveu 20 comentários como se fossem de pessoas diferentes, ressaltando a qualidade de TVs de LCD com painel IPS sobre outras TVs de LCD e principalmente sobre as TVs de plasma.

Abaixo alguns desses comentários, todos com o mesmo IP e escritos praticamente ao mesmo tempo. Atitudes como essa só me mostram que há inseguraça quanto à “superioridade” das TVs de LCD e me deixam super confiante de que fiz a escolha certa.

Comentários SPAM defendendo LCD com IPS

Bug no Skype

Sou de São João del-Rei, já morei em Lavras, São Carlos, Mogi das Cruzes e agora moro em São Paulo. Tenho uma irmã no Rio de Janeiro e outro em Belo Horizonte. Minha irmã já morou por 3 meses no Canadá e um grande amigo passou mais de um ano em Londres.

Por conta disso, eu sempre faço um 21! Brincadeira… por conta disso eu sempre uso o Skype e hoje ocorreu um bug sinistro, conforme imagem abaixo.

Bug no skype

Na janela do Skype meu saldo era de R$ 0,13, sendo que eu havia carregado ele com 75 reais há um mês! Na minha conta, tanto pelo Skype quanto pela Internet o meu saldo era de R$ 54,82, que condiz muito mais com o saldo que eu deveria ter.

Por incrível que pareça, quando percebi isso estava falando com um amigo cujo saldo era, coincidentemente, 13 centavos. Ele usa o redirecionamento de chamada e eu estava falando com ele dessa forma, quando o Skype dele travou e a ligação caiu.

Não sei se tem algo a ver, se é um bug ou se algum hacker haqueou minha conta… se não voltar ao normal amanhã terei de entrar em contato com o pessoal do Skype pra ver.

A real teoria do Big Bang

Esse fim de semana eu assisti a primeira temporada do The Big Bang Theory, uma série estadunidense que parece com Friends, mas onde os amigos são nerds.

Achei bem divertido, dei muitas risadas e me diverti a beça. Estou ansioso para começar a assistir a segunda temporada!

Um dos personagens, Sheldon, entrou na faculdade com 11 anos, após completar a 5ª série, se graduou aos 14 anos, foi professor visitante aos 15, teve o primeiro PhD aos 16 e o segundo aos 20, tendo QI de 187.

Um verdadeiro menino prodígio, como poucos que se houve falar. Na verdade, nunca havia ouvido falar de alguém que realmente tivesse tanta realização em tão pouco tempo… até hoje.

Stephen Wolfram é, na vida real, um britânico que escreveu seu primeiro artigo sobre física das partículas aos 16 anos (isso em 1975) e entrou na Universidade de Oxford aos 17 anos, obtendo seu PhD em física das partículas aos 20 anos, no Caltech.

Ele deve lançar o Wolfram|Alfa em maio. Se for tudo o que ele está dizendo, vai revolucionar a Internet e fazer com o Google o que ele fez com o Altavista há alguns anos…

Internet wi-fi no Brasil

Eu escrevi um post explicando como configurei meu roteador sem fio pra compartilhar a internet banda larga da Virtua para o notebook e para o Wii.

Hoje eu descobri alguns serviços no Brasil que oferecem internet wi-fi sem necessidade de ter uma internet banda larga, internet 3G ou internet via rádio. Basta ter uma placa de rede sem fio (notebook, Apple iPhone 3G, Apple iPod Touch, PSP (Sony Playstation Portátil), Palm, Nintendo DS, Nintendo Wii, laptop e outros dispositivos costumam ter conexão wireless já de fábrica).

Os serviços são os seguintes:

Infelizmente nenhum deles oferece internet sem fio grátis… é necessário pagar uma mensalidade.

Interessante é que a Vex tem blog, twitter e flickr. Bem moderno!

Dados da indústria automobilística

Achei na Wikipedia uma listagem de todas as fabricas automobilísticas do mundo, listadas por grupos e ordenadas por vendas.

Achei diversos fatos curiosos:

  • tirando a Lamborghini, que é da Volks, todas as outras indústricas italianas são da Fiat
  • a única indústria brasileira é a Troller, que hoje é da Ford
  • Porche é a 38a em volume de vendas e é uma grande acionista da Volkswagen, 3a
  • existem apenas 10 países com grupos automobilísticos (Japão, Estados Unidos, Alemanha, França, Itália, Coreia do Sul, Russia, China, Índia e Suécia)
  • além desses 10 países, outros 7 também têm marcas nacionais que hoje estão nas mãos das multinacionais acima (Austrália – Holden, República Tcheca – Škoda, Brasil – Troller, Romênia – Dacia, Espanha – Hispano, Holanda – DAF)

Obs.: incluindo apenas as grandes marcas, pois existem muito mais, como as brasileiras Agrale, Bugre, Cobracar, Lobini, entre outras, com volume muito baixo de vendas. Essa lista tem todas (em holandês).

Projeto: Tikuna

Nasceu ontem (mas como o blog ficou “morto” nessas últimas 24 horas só noticio agora) o Tikuna.

Será um site de comparação de preços com foco no Submarino e muitas diferenças para sites tradicionais de comparação de preços, como Bondfaro/Buscapé e Jacotei.

Desejem-me sorte!

Vidro temperado na área de serviço

Eu moro em um prédio bem antigo e a área de serviço é até que grande, comparada com as minúsculas dos apartamentos novos.

Ela só tem um problema: não é fechada. Quando chove molha o chão e se for chuva de vento molha até o que está na bancada, a pia, a máquina de lavar, as roupas secando no varal… A “janela” tem grade de ferro e uma telha plástica no canto pra não molhar a estante com os produtos de limpeza, mas só protege essa parte.

Janela na Área de Serviço

Quero aproveitar que ainda não chegou a época das chuvas para fechar a área de serviço com vidro. Pensei em um janelão de vidro temperado, com folhas de correr e basculante em cima, pra entrar ar quando o tempo estiver chuvoso. Descobri que também existe vidro laminado (aquele que quando quebra não estilhaça, como de pára-brisa de carro), mas deve ser mais caro. O vidro blindado então, nem se fala, nem vou cotar.

Como sou um computeiro que gosta de usar a Internet para achar o melhor preço tanto de produtos quanto de serviços, eu pesquisei no Guia Mais pelas palavras “vidro temperado” e “fechamento de área” para a cidade de São Paulo – SP, que retornou 111 resultados na primeira categoria e 65 na segunda.

Mandei um e-mail para todos os que tinham e-mail (126 no total)!

O motivo desse meu post não foi para falar disso, foi para reclamar do GuiaMais:

  • eu só posso ver 10 lojas por página, não tem como selecionar quantos resultados mostrar por página
  • é necessário selecionar loja por loja antes de “Enviar para impressão”, não tem um botão “Selecionar todas”
  • a página que se abre ao clicar em “Enviar para impressão” não tem o menu do browser (Arquivo, Editar, Exibir, etc.) então não tem como ir em “Visualizar impressão” para ver como é que vai ficar a impressão antes de imprimir
  • essa mesma página é apenas a lista de lojas, com a mesma formatação, mas sem os menus lateral, superior e inferior. Eu não cheguei imprimir, mas devem caber só umas 5 lojas por folha. Puxa vida, poderia formatar melhor essa lista, pra otimizar o espaço no papel e também deixar em preto e branco. Quem é que quer imprimir uma lista de lojas com um fundo alaranjado e salmão, com o logotipo da loja e até com os links de “envie um e-mail”, “ligue grátis”, “saiba mais”, “como chegar” e “veja mais” (sem as URLs, só essas palavras sublinhadas)?
  • tem lojas que se repetem na lista
  • a lista de lojas não tem ordenação nenhuma
  • Como só 10 lojas são exibidas, sem ordenação nenhuma, podendo se repetir e a funcionalidade de “Enviar para impressão” só tira o menu lateral, superior e inferior, essa é uma funcionalidade bem inútil
  • se eu escolho pra ordenar alfabeticamente, só aparecem 10% das lojas
  • pra enviar e-mail pro lojista tem que, para cada lojista, clicar em um link, que abre uma nova janela, onde digita-se nome, e-mail, mensagem e uma confirmação visual
  • tem de digitar nome e e-mail toda vez, há 10 anos sites bem mais simples já conseguem guardar essa informação para facilitar a vida do visitante
  • na mensagem só dá pra digitar 400 caracteres e não dá pra anexar imagem
  • mesmo informando que a cidade era “São Paulo” e o estado “SP” tinha lojas da grande São Paulo (Guarulhos, São Bernardo do Campo, Santo André, São Caetano, Osasco), do interior de São Paulo (Ribeirão Preto, que me lembro) e até do estado do Rio de Janeiro (Niterói e outras que não me recordo)
  • Não tem como filtrar a pesquisa, escolhendo pra trazer só os que tenham e-mail, por exemplo
  • Não tem como mandar o mesmo e-mail para mais de um lojista por vez
  • Quando marca a opção “Enviar cópia para meu e-mail” os e-mails demoram quase meia hora pra começar a chegar. Eu achei que não tinha funcionado!
  • As seções são categorizadas hierarquicamente, então “Vidro Temperado” está em baixo de “Janelas, Portas, Portões,Telhados e Vidros” e “Fechamento de Área” está em baixo de “Aquecimento e Ventilação (Equipamentos e Serviços)“. A tendência hoje em dia é categorizar por “tags”, permitindo que uma seção seja “descentente” de mais de uma.
  • Não é possível fazer a procura por mais de uma seção, como era meu desejo, tive de procurar em “Vidro Temperado” e em “Fechamento de Área” separadamente, sendo que algumas lojas estavam nas duas seções e acabei enviando e-mail mais de uma vez

A funcionalidade do Guia Mais que eu mais gostei foi a possibilidade de entrar no guia de ruas (muito bom, por sinal), colocar o endereço onde moro e digitar o que estou procurando, só que mesmo nele existem dois grandes problemas que inviabilizam a tarefa de fazer orçamento por e-mail:

  • não tem como ver a lista de detalhes das lojas como na procura principal do Guia Mais. O guia de ruas só mostra a localização das lojas no mapa e uma lista com os nomes das lojas no canto esquerdo da tela
  • quando se clica no nome da loja (tanto faz se na lista de lojas ou no mapa) abre-se uma telinha que só tem o telefone, não tem como enviar e-mail por lá

Enviei essas reclamações/sugestões para o Serviço de Atendimento do Consumidor do Guia Mais. Pelo menos para o SAC o contato não precisa ser feito por formulário.

Sorte nos browses, azar nos shows

O Jonny Ken fez uma excelente comparação da funcionaliade “sorte” dos browsers Google Chrome (beta), Mozilla Firefox 3 e Microsoft Internet Explorer 8 (beta), quando tentou comprar ingressos para o show da Madonna pela Internet.

Ele demorou quase 5 horas pra comprar os ingressos, mas conseguiu. O browser vencedor foi o Google Chrome!

Além do quesito sorte, hoje achei mais um ponto positivo e outro negativo do Google Chrome.

O positivo é que em seu FAQ para desenvolvedores da Web (webmasters), eles citam os browsers Opera, Safari, Firefox e Internet Explorer, dizendo que são browsers mais utilizados, com link para as páginas deles! Quando que a Microsoft faria algo assim, informar quem são seus competidores diretos? Até mudar o nome do AJAX para Atlas e chamar o servidor de banco de dados dela de “SQL Server” (como se fosse o único) ela fez!

O negativo é que os termos de utilização são beeeeeeeem radicais (dica do Fernando).

Google Chrome – o browser da Google

Estou postando (e usando) pela primeira vez o Google Chrome, o inesperado(?) browser de código aberto desenvolvido pela Google e lançado mundialmente hoje (ontem, se for considerar que estou postando de madrugada).

A primeira impressão que tive foi: nossa, cadê o browser? A interface dele é extremamente limpa, sem a barra de status na parte inferior da tela com a qual estava tão acostumado… Quando está maximizado não tem borda e não fica nem com a barra superior padrão dos programas para Windows, só tem as abas e na linha de baixo o local pra digitar a URL, o restante todo da tela é para o site.

Alguns detalhes já me chamaram atenção e gostei bastante:

  • em formulários, o campo selecionado fica destacado
  • na barra de URL, o domínio e subdomínio ficam na cor preta e todo o restante da URL em cinza
  • não tem barra de status (vou demorar pra acostumar) mas quando passa o mouse em cima de um link ou uma página está carregando, no cando inferior esquerdo aparece o que apareceria na barra de status do Firefox ou do IE.
  • se um site que estiver nos favoritos for visitado, ele é marcado ao lado da barra de URL com uma estrela, como no GMail
  • o console de JavaScript é fantástico!
  • como no Firefox, ao entrar em uma página com segurança (https) a barra de URL fica com fundo amarelo e um cadeado aparece no canto direito
  • o “endereço”: view-source:http://holococos.sjdr.com.br/ ou qualquer outro URL, mostra o código fonte
  • o “endereço”: about:memory mostra diversas “informações para nerds” como eles mesmos apelidaram
  • dá para fechar todas as abas abertas por uma aba
  • já vem com um debugger de JavaScript
  • ele tem um próprio gerenciador de tarefas (basta apertar Shift+Esc) onde dá pra ver o consumo de memória, processador e rede de cada janela/plug-in e matar os processos como no Gerenciador de Tarefas do Windows.
  • para quem estava acostumado com o console de JavaScript do Firefox vai ficar de queixo caído com o console de JavaScript do Google Chrome. Já vem com um tipo de “DOM Inspector” que marca na página o elemento, mostra os estilos, mostra as “métricas” (graficamente mostra margin, border e padding de qualquer elemento)
  • esse console de javascript tem uma aba “Recursos” que lista todos os recursos que foram carregados pelo site e informações de todos eles.
  • tem um item de menu pra enviar pra equipe do Google Chrome erros que a gente encontre, podendo enviar o print screen da página automaticamente. Espero que as pessoas usem isso com responsabilidade, pois é uma excelente (e prática) maneira de tornar o browser melhor.
outros eu não gostei, mas deve ser por ser beta:
  • pelo scrool do TextPad do notebook a rolagem só funciona para baixo, para cima não (não sabia que utilizava isso tanto assim até não funcionar no Chrome)
  • o “bullet” (elemento “li” do HTML) não é redondo
  • o browser ficou bem instável quando tem um vídeo do YouTube na tela
  • quando usa o view-source: a aba fica sem título
  • não tem um “Master Password” como no Firefox, para definir uma senha master para deixar acessar as senhas armazenadas
  • a tecla “end” não leva o cursor para o fim da linha em uma caixa de texto se houve quebra de linha e ela continua na linha de baixo, mas leva o cursor para o início da linha de baixo
  • apertando-se a tecla “home” após apertar o “end” na situação acima, o cursor vai para o início da linha de cima
  • se der dois cliques em uma palavra, a palavra inteira mais o espaço após a palavra (se tiver) são selecionados, como no Firefox, Word, etc. Estando a palavra e o espaço selecionados dessa forma, apertando “Shift+[seta para esquerda]” não deseleciona o espaço, mas seleciona a letra que foi clicada duas vezes
%d blogueiros gostam disto: