Arquivos de Categorias: Ciência - Page 2

A economia e a Internet

Acredito muito em ciclos de crescimento (intelectual) da humanidade.

Gênios aparecem de tempos em tempos e conseguem influenciar toda uma geração de pensadores, como foi o caso de Einstein na física e como é o caso de Michael Porter na economia.

Estes saltos não acontecem por que idéias foram evoluídas, mas por que paradigmas foram quebrados. Esses gênios têm essa capacidade de pensar diferente, de pensar além. Pessoas comuns costumam apenas melhorar, trabalhar a base deixada pelas mentes brilhantes, por isso os ciclos de crescimento.

Muito dos fundamentos da administração e economia utilizados pelas empreas foram idealizados por Porter, mas será que ele, agora com 59 anos, utiliza a Internet ativamente, participando de fóruns, lendo blogs, assinando feeds, comprando no eBay ou subindo fotos para o Flicker?

A administração das empresas por alguns anos ainda seguirá esse “novo” modelo que está sendo criado por Porter, mas não acredito que será ele quem dará o próximo salto evolutivo da economia/administração.

A economia se transformará quando um gênio, deixando de seguir a linha idealizada por Porter, criar um modelo de gestão tendo em vista os hábitos da geração que está surgindo.

Links interessantes

Alguns links interessantes:

Doutorado de minha mãe

Amanhã é, finalmente, a data da defesa da tese de doutorado de minha mãe, em Belo Horizonte.

Deixei de voltar de férias na segunda-feira 6 de novembro para voltar na sexta 3 de novembro (após o feriado de finados no dia 2) justamente para nessa sexta-fera 10 de novembro ir para a capital mineira.

É uma tese em epidemiologia, pelo Programa de Pós Graduação em Saúde Pública, da Faculdade de Medicina da UFMG. Cheio de estatísticas, tabelas e gráficos, discutindo basicamente relação entre usuários de drogas injetáveis, programas de redução de danos, infecção à aids e diferenças de gênero.

O artigo “Características de homens e mulheres usuários de drogas injetáveis do projeto AjUDE Brasil II “, publicado nos Cadernos de Saúde Pública, da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, na Fundação Oswaldo Cruz é uma “prévia” do que será apresentado amanhã.

Não vejo a hora!

Fraunhofer, MP3 e Projetores

Foi no Fraunhofer IIS (Institut Integrierte Schaltungen – Integrated Circuit Institute) que o MP3 foi desenvolvido, recebendo este nome em 1995, há 11 anos!

Agora a divisão de Microoptical Systems do Fraunhofer IOF (Institut Angewandte Optik und Feinmechanik – Applied Optics and Precision Engineering Institute) em parceria com o Fraunhofer IPMS (Institut Photonische Mikrosysteme – Photonic Microsystems Institute) criaram um projetor do tamanho de uma moeda (ou de um cubo de açúcar, como gostam de dizer lá fora). Atualmente apenas nas cores azul e vermelho, mas que futuramente poderá se tornar um projetor RGB (Red – Green – Blue / Vermelho – Verde – Azul) para dispositivos móveis como celulares ou palms.

A empresa Light Blue Optics, nascida da Cambridge University Engineering Department (são medonhos os pesquisadores de Photonics Research), já tem projeto de um projetor do tamanho de uma caixa de fósforos e a tecnologia PVPro, pelo que parece, faz projeção holográfica.

Projeção holográfica, aliás, que pelos vídeos da Dimensional Studios, está bem avançada!

Próximo passo: projetor holográfico do tamanho de um dado 🙂

História da Medicina

Há 10.000 anos a doença era causada por deuses enfurecidos e espíritos malignos. A trepanação (abrir um buraco na cabeça) era utilizado para ‘liberar os espíritos’ e alguns pacientes chegavam a sobreviver!

Os chineses e japoneses conseguiram uma evolução incrível da medicina, com um enfoque não mais em espíritos ou deuses, mas no equilíbrio energético do corpo. Eles não tratavam a doença, mas o doente.

Os egípcios desenvolveram consideravelmente a medicina para os padrões ocidentais. Quando as primeiras escritas egípcias apareceram, por volta de 1500 a.C. eles já faziam emplastos, garagarejos e cirurgias, junto com magias para curar o enfermo. Imhotep foi por muito tempo cultuado como o Deus da medicina.

[comecei a escrever esse post em 21/09/04 e hoje, 03/04/08, publico-o, inacabado]

Uma piada no site Humor na Ciência:

Eu tenho uma dor de ouvido.

2000 a.C. – Aqui, coma essas raízes.

1000 d.C. – Raízes são pagãs, reze.

1850 d.C. – Rezas são superstição, beba essa poção.

1940 d.C. – Essa poção é óleo de cobra, tome essa pílula.

1985 d.C. – Essa pílula é inócua, tome esse antibiótico.

2000 d.C. – Antibiótico é artificial, coma essa raiz.

%d blogueiros gostam disto: